Os homens da rede

Classificar homem é como catalogar insetos. Você sempre encontra uma espécie que incomoda, que fede e é até colorida. Agem em bando e atacam a primeira flor ou trepadeira que aparece. Todos com suas peculiaridades, embora seja consenso de que sempre acabam indo, freqüentando e fazendo as mesmas sandices. Cada qual com a camisa do seu time.

Homem não é tudo igual. Só são todos previsíveis.

Homem Orkut

Apresentamos o selvagem das redes sociais. O “homem Orkut” bebe, fuma, joga, aperta a campainha e sai correndo. É daqueles que grita no bar “caiu um lenço” quando alguém derruba um copo e não deixa escapar a clássica “senta na ponta, paga a conta”. Tem um Chevette. Tunado. Coberto de adesivos ameaçadores que vão de “É podre, mas se arrumar fica massa” a “Ultrapassando a sua inveja”.

Exibicionista nato, estende seu salário em notas de 100 sobre a cama. Todas as quatro. Tem mais correntes que um estaleiro, e bate fotos com todas as beldades da festa enganando-se a si mesmo com a legenda “peguei”.

Banho de piscina só nas de plástico e viagens só em excursão para Aparecida. Não perde uma festa nem um torra-torra na loja de informática. Tá sempre ligado nos lançamentos da indústria do entretenimento e da contravenção: jogo de Playstation a 3 por 10 no camelô é toda semana.

Estilos musicias preferidos: é eclético. Depois que aprendeu a dizer essa palavra, é só o que responde.

Homem Facebook

O “homem Facebook” é alternativo pra cara*&#¨&. O All Star, os óculos de aro preto e as bolsas transversais só sobrevivem por causa dele. Conhece mais lugares no mundo que o Google Maps, com a diferença que o Google tem como provar.

Aceita ser feito de gato e sapato, só não mexa no seu moleskine. O gel é o seu viagra e o Audi ano 95 está terminando de pagar.

É metido a valentão, mas chora quando é ameaçado no Mafia Wars. O trabalho mais pesado na vida foi entender como funciona o Facebook.

Fã inveterado da Apple na frente dos outros, mas em casa a coisa mais próxima da marca é um saco de maçã da Turma da Mônica no fundo da geladeira.

Estilos musicais preferidos: só dorme à base de soníferos pesados como Rivotril e Coldplay.

Homem Twitter

Alguém que só tem 140 caracteres para escrever só poderia sofrer de ejaculação precoce. O “homem Twitter” é o bêbado da balada: sempre reparando nos outros e procurando encrenca. Odeia todo mundo, incluindo quem concorda com ele.

Só porque tem seguidores, pensa que administra uma seita. Quer consertar o mundo, mas não sabe arrumar o chuveiro. Participa de todos os movimentos humanitários desde que não seja além de digitar uma hashtag.

Acredita ser o cara mais bem informado da paróquia só porque leu todas as capas dos jornais on-line. Leva adiante o sofisma de que está em meio a gênios, que ainda não descobriram a cura de uma doença só porque isso não rende piada.

Gosta de seguir as meninas e ficar mandando cantadas manjadas. Quando leva “block”, o toco virtual, faz o que todo “homem Twitter” sensato faz: xinga todas elas sem parar. EM MAIÚSCULO.

Estilos musicais preferidos: depende de quem está no Trending Topics.

Homem Foursquare

O “homem Foursquare” é o fanfarrão da rede. Tira onda de popular e de que é disputado a tapa pelo mundo e o mulheril. Não consegue ficar mais de meia hora sem dizer que está em um lugar diferente, ainda que só esteja em casa, de cueca, bege, no sofá.

Quando quer enrolar a namorada (quando não enrola os outros dizendo que tem uma), encontra com a rapaziada na casa de um amigo. Faz check-in pra parecer que ficou por lá e desliga o telefone que tem ringtone do Richard Clayderman pra tentar uma noitada.

É o cara que mora perto da loja onde tem aquela vendedora gata e que aproveita pra deixar em “dicas” a mensagem “tô pegando”, embora o máximo que tenha feito seja chatear a coitada provando cachecóis, pantufas, e camisas gola pólo.

É quem, no sábado, diz ir de uma boate a outra com a mesma velocidade com que encontra outro site pornô.

Estilos musicais preferidos: Paralamas do Sucesso e Legião Urbana, pra tocar fácil no violão e fazer rodinha; Micareta, funk, samba e qualquer outro onde ele possa pegar alguém sem ter que falar nada também são bem- vindos.

É certo que ouve Air Supply, mas não admite.

Filme favorito: todos os do Schwarzenegger, incluindo os da campanha para governador.

Copyright @tiodino, @microcontoscos e @aperteoalt

Anúncios

27 Respostas to “Os homens da rede”

  1. Amanda Says:

    Resposta mais que merecida!!!!! huahushusua O pior é você vê que já pegou do homem Foursquare ao twitter. aFF Decadência feminina essas afirmações! Adorei o post @_AmandaBomfim

  2. Elaine Fuzaro Says:

    Arrasou!!!

    Aquele beijo :P

  3. Kátia Rocha Says:

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAAHHAAHAHAHHA!!!!!!!!!!!!
    Eu juro que não sou feminista, mas esse ficou ainda melhor que o “mulheres da rede”!
    Vc, como sempre, se superando, né campeão?

  4. Tatá Says:

    Muito bom, tio. Melhor que o das mulheres mesmo, parabéns.

  5. renato bruno Says:

    Impressionante o texto, principalmente a parte do ”Homem orkut” parabens!

  6. ThePzr Says:

    só uma pergunta: o que é moleskine?

  7. Os homens da rede (via Tio Dino) « Beto Bertagna a 24 quadros Says:

    […] Classificar homem é como catalogar insetos. Você sempre encontra uma espécie que incomoda, que fede e é até colorida. Agem em bando e atacam a primeira flor ou trepadeira que aparece. Todos com suas peculiaridades, embora seja consenso de que sempre acabam indo, freqüentando e fazendo as mesmas sandices. Cada qual com a camisa do seu time. Homem não é tudo igual. Só são todos previsíveis. Homem Orkut Apresentamos o selvagem das redes sociais. … Read More […]

  8. chiquinha Says:

    Sensacional.

  9. Amanda Says:

    Moleskine é uma marca de cadernos de notas produzida pela empresa italiana Moleskine SRL. ;D ( TioDino vc deveria me contratar p/ traduzir seus posts! _Amandabomfim

  10. @lapena Says:

    cara, tu manja de tudo que é tipo de homem ou só esses que você conhece na web? mandou bem nesse texto!

  11. Aline T.H. Says:

    O Homem Twitter é triste. Mais triste ainda que existe um monte deles por aqui… Se bem que eu sou a Mulher IRC, então tá beleza.

  12. mirelapj Says:

    ótimo como sempre !
    tio dino é gênio !

  13. » Homens da Rede Says:

    […] o raciocinio do post anterior, peguei também lá no blog do Dino […]

  14. Beck Says:

    O homem Twitter é sua bio mais generosa. Grato por me brindar com tanto hedonismo. Te amo, tio!

  15. Juninhoratone Says:

    Bem mais ou menos!
    fraco

  16. LOWS Says:

    Você esqueceu do Sujeito Tumblr e do Gajo LinkedIn. Não existe um MSN? Por favor, enriqueça-nos com a sua sabedoria (ouve-se risadinha sarcástica e vê-se uma expressão vitriólica)…

  17. Fernanda Says:

    Quando sai “as bibas da rede”?

  18. Marco Says:

    Nunca vi velório de preto como na primeira foto!

  19. Anna Karla Lerbach Says:

    Muuuito bom. rs

  20. Guilherme Says:

    Manja de homem ein.

  21. Vadão Says:

    Ahh ! É…
    Ô. Ihh !
    ??

  22. PAULINHO Says:

    Muito legal este blog!
    Veja também um blog bem diferente de tudo que você vê na net acesse http://www.pernadepautupa.wordpress.com

  23. Juliano Says:

    Onde vc se encaixa velhinho? kkk

  24. Xis link! « Indico Já! Says:

    […] Tio Dino apresenta os “Homens da Rede”! […]

  25. http dinocantelli wordpress com 2010 08 11 os… « Espaço de denise Says:

    […] https://dinocantelli.wordpress.com/2010/08/11/os-homens-da-rede/   LikeBe the first to like this post. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: